Seja Bem-Vindo à Toledo e Associados
Toledo Advogados AssociadosToledo Advogados AssociadosToledo Advogados Associados
(11) 4210-5558 / (11) 93766-2610‬ - whatsapp / (13) 3301-1801 / (13) 99170-2288 - whatsapp
contato@toledoeassociados.com.br

Saiba como escolher o melhor negócio para aplicação de vistos

* Daniel Toledo

Muitas pessoas querem saber o que é possível fazer para empreender, criar e ganhar dinheiro, uma vez que estamos diante de uma situação muito complexa. É importante, antes de realizar qualquer procedimento, principalmente no que se refere a aplicação de visto, saber o que é um bom ou mau negócio. Mas como estruturar isso nessa nova realidade?

Quando a gente diz que o mundo vai mudar, não é somente uma questão relacionada à pandemia, até mesmo porque a ciência avançou muito e em breve teremos uma vacina. Mas a forma como as pessoas fazem negócios será diferente e uma nova realidade, requer uma nova estratégia. Atualmente, vemos que as pessoas passaram a diminuir as estruturas dos negócios para otimizar outras questões, como plataformas online, desenvolvimento de equipe, entre outras coisas.

Pensar em um negócio também envolve as chances de crescimento, então será que o empreendimento, que você idealizou, pode ser utilizado para fazer um visto internacional? Lembrando que muitos países concedem vistos para empreendedores.

O primeiro passo é fazer uma boa análise de mercado e entender para quem você quer vender, sejam eles brasileiros, americanos, de qualquer outra nacionalidade, ou mesmo utilizar uma plataforma aberta para diversos países.  Se for o caso de vendas internacionais para o mundo todo, o Brasil não é o lugar ideal para fazer isso, porque existem inúmeras regras relacionadas a importação e a exportação, além de tributações e burocracias que podem travar completamente esses processos. Outro fator que deve ser levado em consideração é que os brasileiros costumam vender apenas para o público nacional, em plataformas nacionais, que podem ser problemáticos para empreendedores e consumidores.

Após essa decisão, é hora de pensar no seu público alvo. Muitos começam um negócio com a noção de que o produto é o principal fator, mas na verdade trata-se muito mais das pessoas que vão comprá-lo. Focar em um nicho específico é muito mais saudável para uma empresa do que tentar agradar a todos, afinal é assim que você se adequa ao seu  mercado para então vender o produto ideal. Hoje em dia, há inúmeras ferramentas para encontrar seus consumidores, mas ainda assim, é essencial entender o comportamento e hábitos deles, para que exista uma identificação com o negócio.

Com relação ao desenvolvimento da empresa e a chance de levá-la a outro país, é importante ter em mente que o visto não é a causa, mas sim a consequência de um planejamento bem executado para um negócio de sucesso. Isso também depende bastante de onde o empreendedor quer aplicar esse projeto, afinal uma boa estrutura leva em consideração o mercado desejado, num ambiente apropriado e onde está o público. Afunilar essas decisões gera resultados eficazes.

Em um mundo com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, e sempre com novidades, conhecer a fundo o seu empreendimento e a tecnologia utilizada fazem toda a diferença. Procurar compreender mídias e softwares é uma maneira de desenvolver o próprio negócio sem um custo tão alto, especialmente com colaboradores terceirizados, até mesmo porque eles não precisam permanecer na empresa.

A inovação continua sendo uma grande demanda do mercado. O sucesso de outros empreendedores pode instigar a cópia e fazer isso é o caminho para o fracasso, além de gerar desconfiança. Não é necessário copiar ou atacar os concorrentes, mas sim fazer coisas que diferenciem os trabalhos, até porque os clientes sabem o que, e de quem, estão comprando.

Tudo o que envolve a criação de uma empresa é também fruto do que é investido nela. Absolutamente ninguém começa pensando em ter o mínimo de lucro, então não existe o mínimo de investimento. Buscar as melhores soluções com um orçamento adequado gera o resultado esperado, enquanto o mínimo costuma trazer apenas isso mesmo. Por isso, tirar essa palavra do vocabulário é uma boa maneira de começar, seja para trabalhar no Brasil ou no exterior. Economizar é fundamental, mas não da forma errada.

Separei algumas ideias de negócios que estão crescendo em todo o mundo. Uma delas é o ramo de pet shops, por exemplo, especificamente os que trazem mais artigos luxuosos têm ganhado cada vez mais espaço na vida das pessoas. Como os bichos de estimação fazem parte da família, também são tratados como filhos e merecem o melhor. Existem alguns hotéis especializados em cuidar de animais enquanto os donos viajam, alguns cobram até $ 12 por dia, com uma estrutura simples. Outros, com uma apresentação bem elaborada, com banhos constantes, alimentação diferenciada e limpeza frequentes, podem cobrar até $ 50 a diária.

Artigos exclusivos também são de muito valor para os consumidores, como produtos importados. Lojas que oferecem os melhores chocolates, azeites, caviar e queijos, como pequenos empórios, que trazem produtos sofisticados, é o que há de mais interessante em outros países.

Muitas vezes, abrir algo no segmento de luxo não requer um investimento alto, mas é necessário avaliar as possibilidades.

English EN Italian IT Portuguese PT Spanish ES
X
× Quer agendar uma reunião?