Seja Bem-Vindo à Toledo e Associados
Toledo Advogados AssociadosToledo Advogados AssociadosToledo Advogados Associados
(11) 4210-5558 / (11) 93766-2610‬ - whatsapp / (13) 3301-1801 / (13) 99170-2288 - whatsapp
contato@toledoeassociados.com.br

Números do Covid-19 – o pânico e a manipulação

*por Daniel Toledo

 

Há um tempo eu venho falando sobre desinformação, dados que as pessoas costumam publicar e pescam alguns trechos. Há quem consuma isso e muitas vezes não vai atrás da fonte para saber se é ou não verdadeiro, se tem algum outro contexto ou se houve alguma manipulação. Atualmente, vejo o povo brasileiro (inclusive eu) como marionetes onde tentam nos manipular através da indústria das fake news ou perfis falsos.

 

Recentemente, o presidente Donald Trump falou que está pensando em suspender os voos do Brasil para os EUA em razão do aumento expressivo de mortos pela doença. O coronavírus é uma doença séria e grave? Me parece que as pessoas ainda não chegaram a ler mesmo do que se trata. É uma doença de contágio rápido e fácil, pessoas com deficiência no sistema imunológico podem sofrer consequências mais graves. A questão do grupo de risco serem os idosos, é subjetiva, muitas pessoas com mais de 80 anos conseguem superar essa doença, então é notória que há uma série de outros fatores que impactam.  Pessoas que possuem alguma outra condição, fazem o tratamento para alguma doença ou sistema imunológico debilitado, terão problemas mais graves, então precisam sim ser isolados.

 

Fizemos um levantamento com alguns dados públicos, facilmente encontrados na internet. Um artigo de 2019 que trata de doenças cardiovasculares como AVC e endocardite, informa que por esses problemas houve pelo menos 289 mil mortes por ano. A própria OMS destacou que as doenças do coração são as que mais causam mortes no mundo todo, sendo 31% das causas de morte. Porque não há isolamento do McDonald’s, das frituras, ou não há o recolhimento de produtos que estão diretamente ligados a essas doenças? Há uma série de outros agentes que causam esses problemas, mas por que não há prevenção?

 

Outra reportagem, que trata de câncer e tem como fonte o INCA (Instituto Nacional do Câncer), indica que morreram pelo menos 65.840 homens com câncer de próstata. Já mulheres com câncer de mama, foram contabilizadas pelo menos 66.280 mortes. A porcentagem de fatalidade relacionada ao câncer no Brasil é de 13.4% para homens e 16.1%. Os indicadores da COVID-19 atualmente são de 5% dos infectados, entre pessoas em estado grave e óbitos, que é bem mais baixo.

 

Indo para o campo de homicídios, que infelizmente tem números altíssimos no Brasil, vemos que, segundo o Núcleo de Pesquisa de Violência da USP, no ano de 2019 houve 214 mortes por dia, ou seja: 78.110 por ano. Por que não há um isolamento baseado nisso também? Em contrapartida, no mundo todo ocorreram 800 mil suicídios no mesmo ano. Acidentes de trânsito geraram 3700 mortes diárias, número que equivale a sete acidentes de avião sem sobreviventes. Em 2018, esses acidentes geraram 183.400 internações, com o custo de R$ 265 milhões ao SUS, sendo que mais de 50% delas envolveram motociclistas.

 

Nesse momento, muitas pessoas estão fazendo alarde por conta de uma doença que é menos fatal do que acidentes de trânsito que ocorrem em São Paulo.

 

Em 30 de janeiro foi declarada a pandemia pela OMS, na época havia 82 infectados e nenhuma morte fora da China. Vocês acreditam nos números publicados pela China? Li uma notícia que o Brasil ultrapassou o total de número de mortos do país de origem, que era de aproximadamente 4 mil pessoas. O Brasil tem 220 milhões de habitantes, enquanto a China tem mais de 1 bilhão, com muito mais aglomerados e é bastante claro que a houve manipulação desses números para parecer que houve um controle da doença logo no início. Não é o ideal ter a China como referência.

 

No dia 29 de abril de 2020 a OMS confirmou 2.995.758 casos e 204.987 mortes ocorridas no mundo todo. Fazendo um comparativo com as outras doenças citadas acima, como o suicídio que levou a vida de pelo menos 800 mil pessoas em 2019, o coronavírus tem uma conta de 25%. Não significa que é menos sério, mas existem outras questões que as pessoas estão fazendo de conta que não enxergam e tratando o vírus como a razão de uma paralisação mundial, enquanto outras doenças são ignoradas.

 

No Brasil, atualmente, há mais de 100 mil casos confirmados de COVID-19. Dentre esses casos, pelo menos 7.343 óbitos, segundo o Ministério da Saúde. No dia 29 de abril, no mesmo momento em que a OMS publicou o número de mortos, o Opera Mundi publicou, contando 186 países, 3.000.218 infectados, aproximadamente 250 mil infectados a mais do que a OMS (que deveria ser em tempo real), enquanto a OMS divulgou o número de 204.987 mortes, o Opera Mundi sugeriu que o número era de 228 mil. Nos EUA são aproximadamente 1 milhão de infectados e 69 mil mortos.

 

Uma questão que eu coloco é se você sabe quantas pessoas morreram na guerra do Oriente Médio ou no Vietnã, na revolução de 1932 ou na guerra do Paraguai. Pessoas que morreram voluntariamente.  Porque não há isolamento contra isso? Porque o mundo parou por essa situação quando existem outras que matam muito mais pessoas como se fossem comuns. Meu pai faleceu de câncer e foi avassalador. Por que as pessoas estão fazendo de conta que essas outras doenças não são tão sérias quanto o COVID-19?

 

O presidente Donald Trump, em entrevista, citou que está tentando fazer parcerias com empresas aéreas para que o teste de coronavírus seja efetuado antes de embarcar para os EUA. Imagina o custo dessa decisão para um avião com 200 passageiros? Bom, eu pesquisei e o custo é de $ 5 (dólares) por teste. Qualquer pessoa, para se livrar desse receio, faria esse investimento.

 

É fácil perceber que falta informação e há muito julgamento acerca dessa doença. A economia está parada em todos os lugares. Minha sugestão para as pessoas é que comecem a olhar para investimentos nesse momento, pois a pré-crise é o melhor momento. Quando você adquire esses investimentos num momento em que as pessoas precisam fazer negociações, é onde se capta as melhores oportunidades, com boas formas de pagamento e cotações, fazendo com que você saia na frente.

 

Tem muitas informações para quais somos direcionados e que podem ser deturpadas, já que podem ser trabalhadas para essa função de manipular.

English EN Italian IT Portuguese PT Spanish ES
X
× Quer agendar uma reunião?